quinta-feira, 30 de julho de 2009

Santana Lopes tem razão e Costa também!

Esta notícia tem pouco de novo. É verdade que é urgente intervir nos bairros mais degradados!
Estou convencido, que António Costa dirá o mesmo!

O problema é mais profundo e tem a ver com a política social e a responsabilização das pessoas.
Porque é que estes edifícios estão degradados? Será da construção defeituosa?
Duvido!

Nos vários anos que trabalhei directamente nos Bairros sociais da Câmara (no interior da DSH) aquilo a que assisti foi a uma completa desresponsabilização das famílias realojadas.
A Câmara pagava e as famílias realojadas não estavam minimamente preparadas para viver em habitações com aquelas condições. Assisti a casos verdadeiramente escandalosos de irresponsabilidade por parte dos ocupantes de habitações sociais da Câmara!

O problema essencial a resolver é o da educação e formação destas famílias, responsabilizando-as!

Novamente a Ordem dos Arquitectos

Acabei de receber a publicação da Ordem dos Arquitectos! Como sempre, com um Design inovador.
Ainda não percebi bem a intenção, mas coloco duas hipóteses.
1ª A Ordem dos Arquitectos julga que vemos mal!
2ª A Ordem não tem mais nada para pôr na capa da publicação!
Quem quiser pode apresentar outras explicações.

Julgo que o título colocado na Capa está ERRADO! O título devia ser:
"A ARQUITECTURA COMO ACTO PRÓPRIO DE ALGUNS ARQUITECTOS E DIREITO DOS CIDADÃOS"
Assim é que devia ser! A Ordem ainda não percebeu que os Arquitectos camarários estão inibidos do exercício profissional da Arquitectura?

Chamo a atenção de todos os colegas camarários que visitam este Blogue, para lerem o novo regulamento de quotas que vem na página 4 e 5 da publicação.
Quanto a mim, uma verdadeira vergonha! Um escândalo!

Carmona, Fontão e Napoleão vão a tribunal

Carmona, Fontão e Napoleão vão a tribunal acusados pelo Ministério Público.
Não sei se vão ser condenados nem se a acusação tem fundamentos válidos e sustentáveis.
O que sei é a Srª Napoleão deveria pagar do seu bolso outros prejuízos que deu a Lisboa e à Câmara! Erros por medidas erradas e por omissões na decisão!
Dos vários exemplos possíveis veja-se só os prédios em construção (parada há vários anos) junto ao Mercado de Benfica.

ALTO DO CHAPELEIRO

Loteamento Municipal que agora é de génese ilegal.
Mas que ideia genial!

Nuvens negras escondem o Alto do Chapeleiro e lá do alto caem relâmpagos e trovões e tempestades sobre a cidade.
Abro o chapéu para me proteger deste dilúvio.
Nem Deus, nem Fátima... protegem os moradores de tanta água dentro do sapato gasto.
No Alto do Chapeleiro toco o céu de Lisboa e tenho o chão de Odivelas a meus pés.

Loteamento Municipal que agora é de génese ilegal.
Mas que ideia genial!

Do Alto do Chapeleiro dou uma chapelada nos técnicos que o criaram.
Dou outra nos Directores e Chefes de Divisão que o admitiram.
Do Alto do Chapeleiro dou uma chapelada nos políticos desta Câmara que o ignoraram e o esqueceram e são incapazes de decidir a morte ou a vida!
O monstro não tem pés nem cabeça, apenas existe, mal parido mal vivido e meio morto! Que venha a eutanásia se for preciso.
Loteamento Municipal que agora é de génese ilegal.
Mas que ideia genial!

Já atingiu a maioridade mas continua coxo, nem o 163 o salva!
Os processos enrolam-se, nem sim nem sopas, nem insonso nem salgado, nem preto nem branco, nem cozido nem frito, nem carne nem peixe.
Que se decida a vida ou a morte!
Que um rasgo de inspiração ponha nas mãos do Chapeleiro a solução.
Loteamento Municipal que agora é de génese ilegal.
Mas que ideia genial!

As árvores já não dão sombra nem frutos.
Os pássaros já não voam no Alto do Chapeleiro.
Os pássaros já não cantam no Alto do Chapeleiro.
Metem a cabeça debaixo das penas e adormecem.
Já não há milho para os pássaros.

O Alto do Chapeleiro … já não dá votos!

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Após ouvir o futuro Presidente...

Peço desculpa aos visitantes por este post. Mas é aquilo que sinto!

Não sou de esquerda, mas como funcionário municipal, é esta a mensagem que tenho a enviar aos visitantes.

Espero que comprendam...

e que votem bem!

Os Nossos Presidentes (passado, presente e futuro) estiveram na Televisão!

Estive a ouvir o debate entre Santana e Costa!
Hoje os Jornais falam disso aqui e aqui!
Eu gostei imenso! Eles estão muito preocupados com a Cidade! Ainda bem!
Eles estão preocupados com as finanças da Câmara! Ainda bem!
Eles estão muito preocupados com a reabilitação! Ainda bem!
Eles estão preocupados com a mobilidade e os transportes! Ainda bem!
Aquilo que lamento é que não tenha havido uma única palavra (de ambos) sobre os funcionários da CML!
Pelos vistos nós não damos votos!
Pelos vistos tudo está bem na vida interna da Câmara!
Pelos vistos a nossa liberdade de expressão e opinião não é importante!
Pelos vistos a forma de nomeação de Chefias está certa!
Pelos vistos é correcto termos que pagar para trabalhar!
Pelos vistos nós somos uma cambada de medíocres sem opinião a quem a CML faz o favor de pagar um mísero ordenado!
Os candidatos esqueceram-se que a Câmara são mais de dez mil funcionários!
A Câmara não é só políticos e assessores! A Câmara tem mais de dez mil funcionários que dão o seu melhor todos os dias e mereciam outra atenção!

terça-feira, 28 de julho de 2009

QUINTAS E OÁSIS DE LISBOA - II


A QUINTA DO SR. HO

A Quinta do Sr. Ho, também conhecida como "A Alta de Lisboa", localiza-se a Norte de Lisboa, confrontando a nascente com a Quinta da ANA!

Esta Quinta ocupa uma extensa área de cerca de 300 Hectares! (Há quem diga que é quase da dimensão da Cidade de Coimbra!)

A Quinta da Alta de Lisboa ocupa os terrenos baldios ali existentes e o antigo e famoso Bairro da Musgueira!

Mas não era "in" chamar-lhe "Musgueira"... "Alta de Lisboa" soa bem melhor!

Esta Quinta tem a sua origem num Concurso Público Internacional promovido em 1984 pela CML para o desenvolvimento urbanístico desta vasta área. (Até parece que não existia o Oásis de nome EPUL!)

O Sr. Ho concorreu e...ganhou!!! Que surpresa!

O Sr. Ho criou a SGAL (Sociedade Gestora da Alta de Lisboa) para gerir o desenvolvimento da sua nova Quinta, de acordo com o Caderno de Encargos do concurso e o contrato assinado com a CML.
Há quem diga (Quercus) que o Sr. Ho tem ambição de expandir a sua Quinta para a Quinta da ANA quando esta tiver a sua Quinta no Deserto do Sul a funcionar. É possível...ou talvez não.

A Quinta da Alta de Lisboa é diferente da Quinta da ANA! Aqui há (ou antes, vai haver) tudo o que há numa cidade! Aconselho a visitar o site da SGAL!

Na Quinta da Alta de Lisboa a CML tenta passar a imagem de que manda alguma coisa, mas não manda nada! Quem manda é o Sr. Ho!

A CML, para passar a imagem de que manda, construiu um oásis chamado UPAL! Este Oásis é constituído, essencialmente, por prateleiras douradas e prateadas onde se acumulam funcionários camarários exaustos de muitos anos de stress ao serviço da edilidade. Teoricamente deviam controlar o que o Sr Ho anda a fazer na Quinta, mas na prática a única coisa que fazem é comunicarem à CML – quando podem ou têm tempo - as decisões que o Sr. Ho (SGAL) vai tomando.

Mas, quando a actual gestão camarária pensou que mandava na Quinta do Sr. Ho, veja-se aqui como o fez.

Não consegui descobrir como é que o Sr. Ho se comporta a nível de impostos e taxas – os orientais são muito discretos – mas desconfio que as TRIU e todas as outras tretas de taxas que a CML inventa, passam ao lado. Deve estar previsto no tal contrato do concurso público de 1984!

E nós, que não nos dedicamos a actividades lúdicas, como o Sr. Ho, vamos continuando a pagar as TRIUS e todas as outras taxas que esta Câmara inventa!

Uma coisa é certa! Os projectos de Arquitectura – como diria Numerobis – "não são cinzelados em Gesturbix Graniticus!" Disso eu tenho a certeza! Os Arquitectos do Sr. Ho usam outro tipo de pedras...mais macias!

Lá, os Lotes já trazem o Arquitecto agarrado! Porquê? Como? Não consegui descobrir, mas é mesmo verdade!

E os Arquitectos e a sua Ordem vão continuando a aceitar esta forma de selecção de Arquitectos, que o Sr. Ho (SGAL) faz, sem dizerem nada! "O silêncio vale ouro!", diz o povo.

Quando se fala tanto de transparência, é incrível, como na nossa área – Arquitectura – tudo é tão opaco!!!

Uma Noticia Deveras Interessante


Caros visitantes, aconselho sinceramente a lerem esta notícia, bem como, o comentário de um anónimo que se encontra logo a seguir à notícia.

O Núcleo Residente do Urbanismo deve ser o NREC (Núcleo Residente da Estrutura Consultiva do PDM).

Mas, não deixa de ser interessante e caricato que seja a DMRU (Direcção Municipal de Reabilitação Urbana) a realizar as vistorias às varandas dos prédios de Campo de Ourique!

Parece-me que o Sr. Director da DMRU, deveria começar por mandar fazer uma vistoria ao estado de conservação e segurança da sua moradia...
Bem dizia Frei Tomás: "Faz como eu digo, não faças o que eu faço!" ou será, "em casa de Ferreiro, espeto de pau"?

A ERA DOS COMPUTADORES E DO CARTÃO MULTIBANCO

Estamos na era dos computadores!

Já vi muitos filmes de ficção científica, alguns dos quais passaram a ser tão reais, que se confundem com os nossos dias, ou mesmo com tempos já passados.

Os computadores e os seus programas informáticos, começam a substituir os homens e a mandá-los para o desemprego. Há que reduzir custos. As pessoas pouco importam!

Estamos a caminhar para o dia em que basta o presidente da Câmara e os Vereadores eleitos e o homem que liga o botão do computador.

O computador recebe e aprova projectos, calcula e cobra as taxas, atende os munícipes, coloca robots nas ruas a fazer a limpeza, na recolha dos lixos, comanda o trânsito, cobra multas. Tudo sem ordenado!

Os funcionários já eram...Fica apenas um homem, o que carrega no Botão.

Eu não quero ser máquina!

Tenho sentimentos! E vida!

Quero sentir, amar, detestar, desabafar, gritar e ouvir os outros!

Detesto os computadores que não sabem ouvir!

Ás vezes é preciso encontrar o ombro amigo que nos oiça! E não a máquina que nos derruba.

Sócrates entregou o computador 1 milhão! E sentiu-se realizado! Sou o melhor Primeiro-Ministro do Mundo! Dou 1 milhão de computadores aos meus concidadãos!

Ficou todo contente! Mas esqueceu-se que deixou milhares de trabalhadores na miséria, no desemprego!

Mesmo que não tenham dinheiro para pagar a electricidade em casa, mesmo que não tenham dinheiro para pagar a conta do telefone ou outro meio de o ligar à Internet. Mas alegrem-se, têm um computador!

Agora até criou uma fundação para distribuir computadores.

Será que alguém mata a fome com o computador Magalhães?

Será que alguém se agasalha com o computador Magalhães?

Será que o Magalhães resolve os problemas de saúde de quem precisa?

O dinheiro já não se vê, é todo virtual, fazem-se pagamentos e transferências bancárias sem sair de casa, basta ir ao computador.

Há meses que não vejo uma única nota!

Pago a água, a electricidade, os telefones e os impostos nas caixas Multibanco

Faço compras nas lojas com o cartão. Vou de férias com o cartão, quem tem cartão tem tudo, quem não tem anda a pé.

Um velho, que tinha depositado o seu pé-de-meia, na Agência de um Banco, da sua Vila, chegou-se junto da caixa e quis levantar o dinheiro, que ali tinha deixado, à guarda do banco.

Depois de se identificar e preencher os formulários com a ajuda do caixa lá levantou a quantia pretendida.

Conferiu as notas e surpresa!

- Estas notas não são as minhas! As minhas notas estão todas marcadas! Eu quero as minhas notas!

E pediu para lhe trocarem as notas porque aquelas eram de outra pessoa, as suas tèm um “A” na margem esquerda.

E não arredou pé do balcão à espera que lhe devolvessem as suas notas!

A questão que hoje se põem é saber se os bancos têm o dinheiro que lá se depositou? Não as notas mas o seu valor.

Se os Portugueses fossem ao seu banco e levantassem o dinheiro que lá depositaram tenho a certeza de que não há dinheiro para todos O dinheiro já não mora no Banco!

Os bancos já não são o que eram! Já não são de fiar!

Nem os Bancos, nem os Banqueiros, nem os Administradores!

São Donas Brancas com credenciais, são lobos maus disfarçados de cordeirinhos.

O que vale é que andamos todos entretidos, com os cartões Multibanco, até um dia, em que se perca a confiança! E se acorde, deste estado sonolento!

Olha os desgraçados que tinham o dinheiro no BPP e no BPN, ficaram a chuchar no dedo! Esses acordaram tarde demais!

Os administradores comeram e transformaram as notas, levaram-nas para as firmas fictícias. Inventaram ordenados, pensões e prémios de milhões, eram os únicos.

E como é difícil mete-los na prisão! Foi tudo legal! Muito legal!

O pior é que o meu cartão bateu no fundo….saldo 0…E agora? Resta-me a satisfação de que de mim não levam nada….a conta está a… zeros

Não te esqueças de votar!

"A existência de Empresas Municipais é positiva para os funcionários da CML e para os Munícipes de Lisboa?"

A votação está a decorrer até às 24:00 h do dia 31 de Julho, aqui, na coluna do lado direito!
Todos os visitantes têm direito a voto!
Pensa no assunto, e vota de forma livre e consciente.
Não te esqueças! Vota!
Já só tens esta semana para o fazer!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

O País está a crescer para onde?

Eu fico triste ao ver estas noticias a dois meses das eleições!

O País está a desenvolver-se e a crescer (?)!

A ligação é subterrânea, é à superfície, é com carris, é sem carris, é eléctrica e sem ser eléctrica...enfim...é tudo! O nosso colega da CML, Gabriel Cordeiro, que virou Vereador da Amadora sabe disto! E a Susana Amador de Odivelas também!

Este País está no bom caminho...os privados estrangeiros (Chamartín Imobiliária) estão aí, e são uns mãos largas, para entrar com os milhões! Só lamento, é que este País esteja a tornar-se um lugar tão feio e inabitável!

A rede de Metro anda dez anos (ou mais) atrasada em relação à realidade e em vez de ser factor de desenvolvimento planificado é um somatório de erros de expansão!

Para quando uma ideia de desenvolvimento global da Área Metropolitana de Lisboa? Ou uma ideia global de desenvolvimento deste triste País?

QUINTAS E OÁSIS DE LISBOA - I

A QUINTA DA ANA

A quinta da ANA, localiza-se a Norte da Cidade de Lisboa. É uma extensa área de 520 Hectares que se prolonga para lá dos limites da Cidade.
Esta Quinta tem a sua origem em 1942, quando o Engº Duarte Pacheco – na altura Ministro das Obras Públicas acumulando o lugar de Presidente da Câmara Municipal de Lisboa - decidiu de forma estratégica e planeada expropriar aqueles terrenos para ali construir um Aeroporto.

Actualmente, a Quinta da ANA, é um espaço que, além de permitir a chegada e partida por meio aéreo, tem tudo o que se possa imaginar: edifícios de escritórios, armazéns e até um Centro de inspecções de automóveis (que eu uso uma vez por ano).

Na Quinta da ANA fica logo claro à entrada quem é que manda ali!


É certo que a ANA não é a dona da Quinta (pelo pouco que vi nos estatutos, a ANA é só concessionária), mas comporta-se como tal.
A ANA tem Engenheiros, Arquitectos, Desenhadores e tudo o mais que se imagine...ela projecta, fiscaliza, constrói, aluga...enfim...
A ANA tem outras Quintas espalhadas pelo País e pelas regiões autónomas! A ANA é rica e produz riqueza! Só no Ano de 2007 apresentou lucros acima dos 48 milhões de Euros! A sua principal cliente, a TAP (responsável por mais de 50% da facturação da ANA) apresenta sistematicamente prejuízos de milhões euros!

A Quinta da ANA é uma autêntica Cidade dentro da Cidade: A Quinta tem ruas, passeios, rotundas, estacionamentos, iluminação pública, espaços desportivos e tudo o que a ANA quiser. A Quinta tem autocarros, paragens...tem tudo!
Na Quinta da ANA até imóveis do IMP (Inventário Municipal do Património) existem! Têm dúvidas? Vejam o IMP 33.34 – Villa Formosa! Mas...aqui o NREC não mete o nariz nem o Zé Paulo dá pareceres! Aqui, quem manda é a ANA! E ponto final!

A CML não é tida nem achada nos assuntos da Quinta!
Na Quinta da ANA manda a ANA e ponto final parágrafo!
Licenciamento de projectos? Isso é para os outros! Na Quinta da ANA manda a ANA!
Será que a ANA paga o IMI dos seus edifícios? Tenho muitas duvidas.

Tendo em conta o volume de construção existente na Quinta da ANA e todas as obras de ampliações e alterações que executa há décadas, fico curioso de saber quanto é que a ANA deveria ter pago à CML em TRIUs, IMIs e todas as outras tretas de taxas que a CML inventa, e que todos nós pagamos.


Mas a Quinta da ANA em Lisboa já não tem mais espaço! Já não é possível construir mais edifícios de escritórios...

A ANA é previdente e já criou uma filha - de nome NAER - para preparar uma nova Quinta ali para os lados do Deserto do Sul. O negócio não pode parar...

A ANA cria riqueza e é um bem para este País! E os outros que paguem a burocracia, os impostos e as taxas, pois a ANA não tem tempo nem dinheiro para isso!

domingo, 26 de julho de 2009

PARABÉNS NUMEROBIS!

Espero que os nossos visitantes tenham visto Numerobis, hoje à tarde, na TVI.

Numerobis esteve muito bem! Conseguiu acabar a obra dentro do prazo e acabou cheio de "massa"!

Numerobis, tens que pagar qualquer coisa aos colegas!

Parabéns!

A LISTA DOS DISPENSADOS


Tenho novas!...
Tenho novas fresquinhas!
Já tenho a lista dos dispensados!

Já tenho na mão a lista dos funcionários que vão ser dispensados até ao fim do ano …Ena Pá! Esta lista é enorme!
Alguém furou o sistema e entregou-me a lista e pediu para publicar no Blogue!
Quando for publicada vai ser uma bomba!... PUM!... Vai tudo ao ar!
Está tudo maluco… A Câmara vai abaixo!

Mas espera lá que isto tem uma introdução….Blá…blá…blá ….. E tal e coisa mais aquilo….redução de custos! Renovação dos funcionários. Ora cá está!..............Letra A ,B , C…….etc.… etc. e tal.
Não! Eu não mostro a lista a ninguém, escusam de espreitar para dentro do meu computador.
Eu até estou a ver estes vírus de uma figa a espreitarem e a deitarem a língua de fora! Dentro do meu computador…
Um dia estes malandros fizeram-me uma partida, mandaram um termo de responsabilidade meu, de um projecto qualquer, para toda a gente que estava na minha lista dos meus emails! Grandes malandros! E pior montaram-se no termo e invadiram os computadores dos meus amigos também.
Todos me apontaram o dedo… Foste tu? O termo é teu? …O termo é meu mas o vírus não! Nem o vírus nem o acre!

Desculpem por me desviar do tema! Mas voltando à lista quero informar que a lista que eu tenho é uma fotocópia em papel e está cá escrito que é uma lista provisória….ou seja, até ao fim do ano pode sofrer alterações!

Quem se porta mal vai parar à lista!
Quem se inscrever no partido que ganhar a Câmara e tiver um bom padrinho ainda pode saltar fora da lista!
Isto tem cores e tudo, é muito bonita, a lista.

Os que têm bolinha vermelha vão nesta leva até ao fim do ano!
Os que têm bolinha amarela vão para o ano; ficam cá até esturricar ou a beberar.
Então os laranjas, os rosas e o vinho palhete? Como são meias tintas não vêm na lista?
Está escrito na introdução que "…Todos os funcionários com mais de 50 anos vão ser dispensados!"
…Espera lá, então a Madre Superiora de Carnide…tem mais de 50 anos! Queres ver que também vem na lista?
- Bem, o Mr. Magoo nem se fala, já foi reformado há muito… quem tem andado por aí, a enervar os funcionários, não é ele, é o seu espírito!
- Eu já não venho em nenhuma lista, esqueceram-se de mim! Já não conto nem para a lista, fui dado como morto, já não há galegos nesta terra.

O Arquitecto, tem que cortar as barbas, para parecer mais novo, podem pensar que já tem 50 anos, ou pior, ainda te confundem com um Taliban.

Deixa cá ver o Numerobis… Nem me vou dar ao trabalho de procurar! Ainda é daqueles que lê histórias aos quadradinhos…É um puto rebelde e marrão, daqueles que até sabem latim e trata o computador por tu. Fugiu dos morangos com açúcar e veio dar baile aos velhotes, veio infiltrar-se na Câmara!

E o Deputado que foi promovido a Europeu? Com tantas eleições à porta, anda muito ocupado nas campanhas eleitorais. Esse vai ser dispensado para ir para Bruxelas, tem lá o tacho assegurado.

Será que eu tenho jeito para Deputado ou Vereador? Se ficar na última fila da Assembleia, talvez!?
Sou aldrabão como eles!
Jogo às cartas no computador!
Adormeço quando os outros falam!
Só tenho que me levantar ou sentar quando o chefe se levanta!
Olha os Vereadores do PSD tinham decidido chumbar uma proposta, mas na volta, o Vereador chefe levantou-se, por engano, e já está, levantaram-se todos! Aprovaram a dita proposta!
Agora andam atrás do engano!

Analisando melhor a lista, confirmo com satisfação, que todos os anónimos que comentam o Blogue não vêm na lista! É que nas listas não há anónimos, todos têm nome! É como no livro do Saramago!
Tenho pena dos que vão ficar no desemprego, com a reforma que nos calha, têm direito a pedir esmola à porta da Câmara. Mas têm que ter uma licença.

As licenças tiram-se no Palácio dos Machadinhos e dada a grande afluência torna-se necessário indicar o lugar onde pretendem ficar colocados a pedir esmola.
Sabemos que há as seguintes vagas:
12 - Na porta dos Paços do Concelho
35 - No Campo Grande distribuídos pelas várias portas
27- Nas oficinas dos Olivais
18 - Na Rua Alexandre Herculano
60 - Distribuídos pelos sete cemitérios da cidade: Ajuda, Alto de S. João, Benfica, Olivais, Lumiar, Prazeres e Carnide
Nos Gabinetes dos Bairros históricos está interdito o peditório, com a falta de verbas para obras, os gabinetes estão na eminência de ruir.
Na 24 de Julho vão vender o edifício por isso não têm lugares para atribuir.

Quem ficar fora das vagas vai para a Rua Castilho 213, para os Recursos Humanos, e fica na lista dos indesejáveis e dos sarnentos.

O melhor é ir fazendo a cama com papelões e papéis de jornais…………………

Até lá sejam felizes!

sábado, 25 de julho de 2009

PATRÕES MENTIROSOS !!!

Esta notícia diz que Santana Lopes vai responder a Costa na mesma moeda!

Muito bem!

Costa diz que Santana é mentiroso!

E Santana vai dizer que Costa é mentiroso!

Muito Bem!

Não sei se o Costa é mentiroso...mas que quem lhe fez a campanha a dizer que ele arrumou a casa e pôs a Câmara a funcionar é mentiroso, é! Isso posso eu assegurar! Quem escreveu aquilo é mentiroso!

Eu já disse aqui que aquilo é mentira! E é mesmo mentira!

Acho muito bem que o Santana lhe responda!

Nós, que trabalhamos na CML, gostamos imenso de ver os nossos anteriores, actuais e futuros Patrões a chamarem-se mentirosos uns aos outros!

Como os visitantes devem imaginar...achamos imensa graça!

A EMEL É UMA MELGA

Mais uma vez a EMEL surpreende pelo pior!

Esta notícia sobre a EMEL demonstra bem o seu espírito empresarial de defesa dos interesses dos utentes e residentes em Lisboa.

Nós já escrevemos aqui sobre esta Empresa! Ela está a refinar com o tempo.
Ela devia chamar-se MELGA e não EMEL!
É uma autêntica MELGA!

E, cada vez mais, Lisboa está a tornar-se um lugar pouco recomendável para viver ou simplesmente, passar!

Por favor...deixem os lisboetas viver em paz! Acabem com estas MELGAS que só servem para incomodar os cidadãos!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O Blogue é solidário!

Uma colega enviou-me um mail com este texto:

"Caros Colegas,Venho pedir a v/ ajuda.
Gostaria de convidar o nosso Presidente para um almoço no n/ refeitório do Campo Grande. Tenho a certeza que desconhece a qualidade e custos do que por lá se tenta comer."

Sinceramente, não sei ao que é que a colega se está a referir! Mas desconfio!
Eu não sou cliente desse espaço porque considero que é um espaço muito mau e muito mal frequentado!
Nunca lá comi e, em onze ou doze anos de trabalho no edifício, asseguro-lhe que os dedos de uma única mão, chegam para contar as minhas visitas a esse espaço degradante.

Aconselho a colega a frequentar outros espaços! A não ser que, o Senhor Presidente em exercício e o seu Vereador Salgado (acompanhados pela Madre Superiora de Carnide) acedam a almoçar consigo no refeitório.

Uma última dica...eu já os vi a almoçar no "Pappa Café". Mas, também, não é muito aconselhável, pois, normalmente, é muito mal frequentado!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O Costa Vai Ganhar!

O Dr. António Costa vai ganhar e nós aqui na redacção do Blogue estamos contentes!

É desta que o Dr. António Costa nos vai responder positivamente!

Aleluia! Já não era sem tempo!

Médicos / Arquitectos

Não é fácil escrever sobre esta situação.

Estou a referir-me àquelas seis pessoas que ficaram sem visão após uma intervenção médica no Hospital de Santa Maria. Rezo para que recuperem a visão rapidamente!

Mas, aquilo que gostaria de chamar a atenção é para a forma como todo este processo doloroso e grave tem sido conduzido pela classe médica.

Alguém ouviu falar nos nomes dos médicos envolvidos? Eu não leio todos os jornais nem ouço todos os noticiários...mas não ouvi falar nos nomes dos médicos.

O que eu vi e ouvi foi a Ordem dos Médicos, os Médicos do Colégio da Especialidade e os Médicos responsáveis de Santa Maria aparecerem a defender os colegas e a apresentarem justificações para o ocorrido! E julgo que fizeram muito bem! Espero, muito sinceramente, que tenham razão e que não seja mais um erro médico.

Aquilo que tenho pena e lamento é que a Ordem dos Arquitectos e a Câmara Municipal de Lisboa não tenham a mesma atitude em relação aos Arquitectos!

Quando um Arquitecto camarário tem um problema, imediatamente o seu nome aparece nos jornais! É acusado, julgado e condenado na "praça pública", mesmo que depois nada venha a ser provado. Veja-se o que foi feito a vários colegas da CML em Janeiro de 2008!

Onde esteve a Ordem dos Arquitectos? Onde esteve a Câmara Municipal de Lisboa? Estiveram na primeira linha a apontar os culpados quando afinal até parece que não eram assim tão culpados.

Eu próprio, há uns anos atrás, fui alvo de um inquérito por parte da Ordem e da Câmara! Sem qualquer justificação, nem sentido! Tive que contratar um advogado para me defender, tendo vindo a provar-se em tribunal que estava a ser alvo de difamação e calúnia!

Ainda hoje estou à espera de um pedido de desculpas que pedi, por escrito, à Ordem dos Arquitectos.

Onde esteve a Ordem dos Arquitectos? Onde esteve a solidariedade institucional da CML para um funcionário que estava a ser difamado? Estiveram na primeira linha da acusação e da suspeição!

Amigos visitantes e colegas Arquitectos, que pouca sorte a nossa de termos uma "Ordem" e uma Câmara destas!

O TENENTE-CORONEL

No tempo em que a tropa era obrigatória, fiquei colocado na Casa de Saúde da Família Militar, enquanto a mobilização para Angola não se concretizava.

Era um dos militares responsáveis, por tudo o que acontecia no sector da Alimentação.

Um sector que tinha por função fazer as ementas gerais e as dietas, adquirir os produtos, fazer as refeições e distribui-las. Além disso tínhamos pessoal civil para desempenhar grande parte das tarefas. cozinheiros, pasteleiros e outros empregados.

Comparada com outras situações, não era mau! Nas noites em que ficava de serviço, fechava as portas do bar, ás 22 horas e ia para casa dormir.

Naquela noite, entrou uma empregada da sala de refeições, pelo escritório dentro, em alvoroço.

- Sr. Alferes! Sr. Alferes! … Está na sala um Tenente-Coronel que quer pão, mas o pão acabou!
- Então digam isso ao homem!
- Já dissemos, mas ele insiste. Quer pão e quer falar com o responsável.

Levantei-me e subi ao piso superior, onde se localizava a sala de refeições.

Devo esclarecer que o Tenente-Coronel, veio acompanhar a esposa ao internamento da Clínica da Casa de Saúde. Entrou fora de horas e não era suposto haver qualquer refeição, muito embora o nosso lema era desenrascar todas as situações.

- Boa Noite! Eu sou o responsável pelo Sector de Alimentação. Peço imensa desculpa, mas o pão acabou-se e não temos hipótese de o arranjar a esta hora da noite.

- Eu tenho direito à refeição completa, incluindo o pão! Portanto exijo pão!
- Mas como já expliquei acabou-se. Se telefonar agora o fornecedor de pão só virá entregar….
- Eu sou Tenente-Coronel e levanto-lhe um processo disciplinar se não me apresentar a refeição completa!

Enquanto o homem falava, eu já tinha uma táctica na manga, para calar a boca ao homem. Não estava com medo de nenhum processo, porque a razão estava do meu lado. Mas, lembrei-me que quando passei pela entrada de serviço havia uma montanha de lixo e nessa montanha estavam diversas carcaças, com mais de uma semana ao sol, fruto da greve dos nossos colegas da Câmara, os cantoneiros de limpeza.

Peguei numa carcaça com boa apresentação e atirei-a contra o muro. Na volta tive que me desviar. O muro devolveu-me a carcaça.

Olhei para ela e nem um arranhão! Aqui está a eleita!

Peguei na carcaça e mandei pô-la no forno, a aquecer cinco minutos, e de a servirem ao Tenente-Coronel…Numa bandeja.

Fiquei atrás de uma coluna, junto ao balcão para "gozar o prato".
Será que a vai comer?
Será que não toca no pão?
Será que vai pedir outro, porque aquele não está em condições?

Mas o nosso Tenente-Coronel não se desmanchou. Abriu a carcaça ao meio e tentou devorar o lindo papo-seco, que lhe ofereci para satisfação, da sua casmurrice.
No fim agradeceu o meu desempenho e o papo-seco! E lá me safei de um, hipotético, processo disciplinar.

Desculpem vou ter que terminar a história….Lembrei-me que este mês, ainda não entreguei, a lista de processos que informei, à minha chefia. É o papo-seco de uma outra história.
O SIADAP obriga-nos a cada coisa!

No meu serviço entrego listas no fim do mês, mas sei de outros, que todos os dias têm que entregar os papo-secos aos chefes!

A refeição pouco interessa se está bem confeccionada, se os temperos estão certos, se o tempo de cozedura está correcto, o principal é o raio do Papo-seco.

Na Câmara, não importa se resolvi algum processo importante ou de resolução extremamente difícil, se atendi bem os munícipes, se ficaram esclarecidos. Se descobri a pólvora ou a roda, se dei o meu contributo à solução de um problema que se arrasta há anos. O importante é que tenho que entregar a lista!

Esta é a maior preocupação dos funcionários: "fazer as listas para encher os olhos ao chefe". Não seria mais importante preocuparem-se com o trabalho? Com o comportamento? Com o atendimento? Com o desempenho?

Fazendo o Balanço (como na contabilidade) posso concluir que:
Como informei todos os processos que me enviaram, logo, com um pouco de sorte ainda vou ser aumentado…daqui a 10 anos, provavelmente…O que equivale ao papo-seco aquecido e barrado com manteiga de alho...

Nos dias que correm é um luxo, meus senhores! E daqueles que não é para todos. Só para os mais bonitos!

O buzílis da questão está aí! Quando olho para o espelho, descubro que sou feio e torto que nem uma marmita da tropa! Talvez o aumento venha daqui a… 20 anos…..!

NOVIDADES NO BLOGUE

A redacção do Blogue está a preparar um conjunto de textos subordinados ao Tema:

"Quintas e Oásis da Cidade de Lisboa".

Esperamos começar a sua publicação na próxima 2ª Feira, dia 27 de Julho!

Se tiveres sugestões contacta-nos para o e-mail "oarquitectodacml@gmail.com".

EM DEFESA DA CLASSE

Foi inaugurado o Campus da Justiça no parque das Nações e 16 juízes faltaram à inauguração porque o Imóvel não tem dignidade para albergar um órgão de Soberania…A nova sede é improvisada, mal estruturada e disfuncional.

Vou ter que me conter no que me vai na alma….Vou ter que meter o freio nos dentes …Porque francamente Senhores Juízes!

- Se não querem ir, porque não são da cor política de quem promove a inauguração, digam, assumam! Ou então não digam nada!
- Se preferem ir para os copos para as docas ou para a 24 de Julho em vez de ir à inauguração, assumam! Ou não digam nada!
- Se é o aniversário de algum e preferem celebrar noutro local, força e brindem! Nós até desculpamos!

Mas dizer mal da obra do arquitecto? Francamente senhores Juízes! Fica-lhes mal.
Todos sabemos que a obra de um arquitecto é criticável! Toda as pessoas podem emitir opinião é democrático, mas faltar à inauguração para dizer mal da obra isso não é correcto!
Eu também discordo de muitas decisões da Justiça e algumas são mesmo de bradar aos céus! Todos os dias entram decisões dessas pela casa adentro vindas dos telejornais!
E o tempo ? E o tempo da demora das sentenças?

Mas os Juízes são incontornáveis! O que dizem é lei. E cumpra-se a Lei!
Em primeira, em segunda ou em quinta instância!

Depois vemos as sentenças! Há injustiças tão grandes que qualquer analfabeto pergunta como é possível.

Por vezes até sou obrigado a ser apologista da justiça popular!
Encontrando-se a Justiça na situação que todos sabemos, ou seja, nas ruas da amargura como é que ainda lhes sobra tempo para atacar a obra do arquitecto?

Um projecto tem sempre um cliente…
Um programa base para cumprir..,.
Muitos estudos prévios…
A aprovação do cliente…
A aprovação das entidades.
A arquitectura evolui… os conceitos estéticos, os materiais, as exigências térmicas, acústicas, energéticas.

E a Justiça?
Será que as togas e as toucas e essas vestimentas e salamaleques dos tribunais é que são a justiça?
Não seria tempo de se despirem de preconceitos e de simplificar a justiça de uma vez por todas?
Estamos noutro tempo… noutra era…o mundo está a mudar! Acordem senhores Juízes e deixem a arquitectura e os arquitectos em paz!

Virem-se para a justiça da justiça .

Eu não conheço o edifício, nem o arquitecto, nem o projecto! Mas fico descansado se foi feito por um arquitecto!

A arquitectura é dos arquitectos!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

TEMPOS DIFÍCEIS

Tempos difíceis estes, de pré eleições!

Tenho-me vindo a aperceber, nos últimos tempos, que tudo o que se diga neste Blogue sobre a vida da Câmara ou da Cidade, vai sempre parar ao mesmo sítio: a luta pela Presidência entre o Dr. Santana Lopes e o Dr. António Costa.

Nós, (e em particular eu) somos acusados de sermos de Direita...de sermos do Bloco...de sermos isto e aquilo, mas, na verdade, este Blogue não tem a intenção de prejudicar ou beneficiar qualquer um dos senhores concorrentes à Presidência da CML.

O verdadeiro problema na CML (em termos internos) não passa pelos ditos, mas sim, pelos apêndices que eles trazem agarrados.

Os principais redactores deste Blogue (é uma convicção pessoal) não têm nada contra o Dr. Santana Lopes ou contra o Dr. António Costa. Mas, entre Mr. Magoo, Madre Superiora de Carnide (e suas noviças e noviços) e algumas "santanetes" venha o Diabo e escolha...

O ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO

O Estádio Universitário, como sabem, está integrado ou faz parte daquilo a que chamamos Cidade Universitária.

Por aquilo que tenho observado nos últimos anos esta vasta área é um caos urbanístico total! São passeios no meio da rua que fazem com que os carros quase não possam passar (Ligação da Faculdade de Ciências ao Hipódromo), são blocos de betão no meio das ruas (Junto à Faculdade de Medicina Dentária) são pilaretes por todo o lado...são espaços verdes totalmente abandonados e cheios de lixo. É um estacionamento caótico!

Afinal quem é que é o responsável por toda esta área? É a CML? Ou será outra entidade ou entidades?

As fotos que se seguem são tiradas da Azinhaga das Galhardas e mostram as grandes movimentações de terras que estão a ser efectuadas neste momento no interior do Estádio Universitário. As árvores que existiam (grandes e pequenas) foram cortadas e arrancadas.
Alguém sabe para que são estas obras todas?

Nós desconfiamos! Vai uma aposta? Aceitam-se propostas...

terça-feira, 21 de julho de 2009

A Necessidade do Silêncio

Peço desculpa aos visitantes deste Blogue, mas hoje não vou emitir opinião sobre nada! Não vou criticar ninguém nem denunciar ou chamar a atenção para qualquer injustiça ou coisa mal feita!

Este Blogue, felizmente, já tem mais de quatro meses de existência e tem vindo lentamente a atingir os objectivos a que se propôs.

Nas últimas semanas temos vindo a alcançar números de visitantes que nunca pensámos ser possível.

Porém, nem tudo é perfeito e, esta semana, tem havido algum "ruído" que, não sendo totalmente inesperado, me obriga a parar e pensar um pouco. Sinto, que esta semana tem havido ruído demais para o meu gosto!

Houve escritos públicos e outros privados...
Houve conversas públicas e outras nem tanto...

Desculpem, caros visitantes, mas hoje vou retirar-me.

Vou fazer silêncio, pensar, reflectir, meditar e rezar um pouco.

Boa noite a todos.

ASSIM SIM!

Até que enfim que vemos o Vereador Arquitecto Manuel Salgado a tomar medidas correctas!

Benditas eleições!

Muitos dizem que só criticamos a actual gestão!

Pois aqui está a prova do contrário! Parabéns Senhor Vereador!

Ficamos à espera dos concursos para Projectos de Arquitectura (a que nós não podemos concorrer!)

Temos pena que esta atitude só venha agora, mas mais vale tarde do que nunca!

Parabéns, Sr. Vereador!

No Stress!



A CML, dentro em breve, estará neste estado?

AS NOVAS TAXAS E AS OPERAÇÕES CONEXAS

Mas onde é que já se viu aprovar, em Julho, um novo Regulamento de Taxas e as operações conexas, (que mexe com tudo) com aplicação em Agosto?

Os da "Nova Base" andam a bater com a cabeça nas paredes, no tecto, e nos teclados! Para colocar a alteração no Gesturbe.

Os da Informática andam atrás da rolha. Experimenta…falha! Experimenta…falha! Experimenta…falha! E nunca mais deita fumo!

Os arquitectos estão a ficar arquitontos com as validações que têm que fazer. Sendo eles a classe mais corrupta desta Câmara - conforme se comprova pela sindicância - como é que vão entregar o ouro ao bandido?

Os Engenheiros da TRIU estão a ver a vida a andar para trás!

Os outros Engenheiros da Gestão e da Fiscalização estão a ficar tipo betão desarmado e pronto!
Os chefes da DMCRU andam a dormir! Não querem saber! Acham que a guerra é dos outros!
E dia 8 de Agosto é o Dia "D"!!!

Nesse dia, nem a MADRE SUPERIORA DE CARNIDE nos salva!

Em resumo: quem aprendeu vai de férias; quem vem de férias não aprendeu!
Certo? (Muito errado…mesmo muito errado!)

Para os que estão de férias, eu explico!

1- Quando entra no hospital paga a taxa moderadora.
2- Quando sai do hospital paga os tratamentos e as operações. Paga ao médico e ao anestesista.
3- Se sair deitado, paga a família directamente ao cangalheiro e pronto!

Na CML

1- Quando entra um processo na Câmara paga a taxa de esforço!
2- Depois, para levantar o processo, paga a TRIU e as Licenças. Paga pelo prédio, paga pelos arranjos exteriores, mais o muro da propriedade mais a ocupação mais a desocupação e ainda as operações conexas.
3- Quando vir a conta... morre de susto... e não paga nada!

Ó Sr. Presidente então anda a dar tiros nos pés?

Aprovar um novo Regulamento de Taxas em véspera de eleições?

Nem a MADRE SUPERIORA DE CARNIDE o salva!

Eu de política não sei nada! Eu sei que há jogadas muito habilidosas e manhosas, só não sei onde hei-de encaixar esta!

Ainda me lembro quando o nosso Primeiro-Ministro, duma assentada, aniquilou os adversários do Partido. O João Soares enterrou-o em Sintra, o Manuel Maria Carrilho em Lisboa e o Fernando Gomes no Porto.

Eu, sendo cidadão deste país, sinto que estou a pagar duplamente os serviços. Descontei uma vida inteira, pago atempadamente os meus impostos e cada vez que tenho que recorrer aos serviços pago novamente. É na Câmara, no hospital, na EPAL, na EDP.

Eu também sei que esta ideia não é virgem! Outras Câmaras, cujos administradores limparam a guita, já descobriram esta mina há muito tempo.

Eu para a Câmara já pago, directa ou indirectamente, todos os anos e que me lembre:
- IMI- Imposto Municipal sobre Imóveis
- Taxa de esgoto
- Imposto de Circulação Automóvel

Onde é aplicado esse dinheiro?

Que percentagem desse dinheiro é aplicado e no quê?

Eu sei que existem países que, quando se paga um imposto ou uma taxa, é referido e discriminado o destino dessa verba! Mas em Portugal a resposta é sempre a mesma ..."É para pagar ordenados à função pública..."

Eu já ando nesta terra há muitos anos e o dinheiro sempre deu para investir sem as ditas taxa de esforço ou moderadoras.

A reforma foge-me debaixo dos pés! Os meus descontos ainda não chegam para a reforma... e se ela vier… vale metade… Eu tenho vergonha de dizer há quantos anos ando a fazer descontos!

Vou encostar-me à MADRE SUPERIORA DE CARNIDE, só para saber onde está a ser aplicado o meu rico dinheirinho!

A CHEFE ORDENOU!

A Chefe ordenou e eu obedeci!

A vida tem destas coisas. A Chefe ordenou-me que eu fosse à reunião promovida pela CML na Sociedade de Geografia para apresentação do PDM e de vários Planos de Pormenor. E eu...obediente como sempre, lá fui até à dita ver e ouvir o que se passava.

O local é de difícil acesso! Tive dificuldades em estacionar a minha viatura. Para variar, cheguei atrasado ao evento. Mas, pelo que vi, não perdi muito.

Ao chegar, completamente estafado da correria e das escadas, deparei-me com um enorme salão completamente lotado de pessoas a abanarem-se....o calor era insuportável! Estavam todos a ouvir o colega Salgado! Tentei acalmar-me e ouvir o que dizia.

O homem falava do corredor verde e do corredor daqui e dacolá! Coitado...não tem mesmo o dom da palavra. Ele esforça-se mas, não seria melhor arranjarem um porta voz? É que o Senhor é tão monocórdico... tão chato... que não há paciência para ouvir! Ainda por cima com aquele calor!!! Ainda falavam das torturas no Tarrafal!

Finalmente, calou-se! O salão disparou a bater palmas! Eu pensei com os meus botões: "Estão a bater palmas por ele se ter calado! Só pode!"

No entretanto, reparei, lá está a Chefe de redacção! Ali, no camarote! Enfim, quem sabe, sabe, e o resto é conversa.

A seguir seguiu-se o Arquitecto Catarino. Que espectáculo! A sério, que nunca tinha ouvido o senhor dizer tantas palavras seguidas. Ele veio apresentar o Plano para a Baixa Pombalina.
Uma coisa vos asseguro: não foi ele que escreveu aquela "fabulosa" peça literária que leu! Aquilo foi tão ridículo que eu tive dificuldade em me conter. O texto tem partes verdadeiramente trágicas! Ou serão cómicas? Aquele texto parecia retirado dos textos deste Blogue!

Quando se calou, a assembleia, novamente, respirou um pouco e bateu palmas! Mais um que se calou!

Mas o melhor estava para vir. Ó Chefinha, nem queira saber. Qual Frank Gehry qual carapuça,...Aires Mateus é que é! Mas que espectáculo de apresentação!
O homem arrasou o auditório...os slides do power point não funcionaram mas ele explicou direitinho o Plano para o Parque Mayer!

Eu, que nasci e vivi no Parque Mayer até à idade adulta percebi tudo! O homem é genial! E o plano...nem lhe digo nada...aquela da "Alameda das Palmeiras" ultrapassa tudo! Um verdadeiro génio! A Chefe sabia que ele está a fazer uma maqueta à escala 1:100? Eu não sabia e fiquei literalmente...siderado...esmagado! Como é que é possível?

Não tenho palavras para tanta cultura e calor... pelo que não digo mais nada sobre esta estrela deslumbrante que surgiu agora na Arquitectura Lusitana.

Seguiram-se outros Planos (Boavista, Alcântara e mais não sei o quê) e outros Arquitectos (só fixei o Carrilho da Graça porque é mais sonante e...veste muito bem – até parecia o Vitorino!). Digo-lhe, eram todos muito interessantes e os Planos também! Gostei imenso! Se não fosse o calor a coisa até não estava mal.

Quando chegou o Espanhol a falar do Plano lá para os lados da Expo acabou-se o meu tempo de serviço! Como não me pagam horas extraordinárias e ainda por cima me obrigam a pagar quotas à Ordem dos Arquitectos vim-me embora! Espero que compreenda...estava mesmo muito calor!

Amanhã a Chefe de redacção conta-me o resto!

Até já, Chefinha!

A LOCALIZAÇÃO DO CORAÇÃO

Um(a) colega anónimo(a) comentou um texto meu (O mundo está a mudar) desta forma:

"Já percebi que este Arquitecto tem o Coração à Direita, apenas bate nos meninos da Esquerda, porque não fala da Gestão Fantástica do Antigo Executivo?
Seja Independente...."


Primeiro, fico satisfeito por alguém já ter localizado o meu coração!

É verdade que outros já disseram que eu era Anarquista, outros que eu era do Bloco de Esquerda! Evidentemente, estavam errados, tal como o(a) anónimo(a)!

Mas, convém aqui dizer...o que é que interessa a localização do meu coração? O que interessa, objectivamente, são as ideias e opiniões aqui emitidas!

Quando iniciei este Blogue tinha uma ideia muito clara: "Defender os interesses dos Arquitectos camarários deste País e em particular da CML!". Não me interessa rigorosamente nada se os colaboradores têm o coração na Direita ou na Esquerda ou noutra parte qualquer!

O colega pergunta porque é que eu não falo da Gestão Fantástica do Antigo Executivo? E eu respondo-lhe: Não falo disso por vários motivos:

1º De fantástica não teve nada!
2º Já passou, e não tem qualquer interesse para a actualidade!
3º Já fiz referências bastante criticas a essa gestão (Leia o texto "Estou dividido" e não só)
4º A pessoa que não respondeu às questões colocadas por 86 Arquitectos da CML é o actual Presidente, não é o "Antigo" Presidente.

E sabe porque é que eu critico tanto esta Gestão Fantástica que temos? Não é por ser socialista ou de esquerda! É porque:

1º O actual Presidente não teve nem tempo nem frontalidade para nos responder!
2º O Actual Presidente mente quando diz que arrumou a casa!
3º O Actual Presidente mente quando diz que pôs a Câmara a funcionar!
4º A actual gestão está longe (muito longe) da honestidade que tenta passar para a opinião pública!

Quanto à minha independência tenho a dizer a todos os visitantes duas coisas:

1º Desde o início deste Blogue – 15 de Março – que tenho vindo a convidar, vários colegas assumidamente de esquerda e alguns deles ligados à actual hierarquia, para escreverem e emitirem a sua opinião neste Blogue! Até hoje nenhum deles acedeu aos meus convites.

2º Os dois colaboradores mais assíduos do Blogue (Numerobis e o Galego) e outros menos assíduos (como a Abelha Mestra) sempre os conheci como pessoas de Esquerda!

Não sei, caro(a) anónimo(a), o que quer que eu faça mais em termos de independência! Se é ser mais um membro deste rebanho, que só sabe dizer que sim, não conte comigo!

Critique as ideias e opiniões e esqueça a localização do coração!

O importante são os valores que defendemos! Eles podem ser valores considerados de Esquerda ou de Direita! E eu defendo valores! Alguns considerados de Direita, outros considerados de Esquerda, daí a confusão dos visitantes ao tentarem localizar o meu coração.

Nota: Eu nunca bati em ninguém pois, como deve saber, sou Católico e pacifista! Mas já houve quem me batesse só por causa de defender ideias e ter opinião! (E quem fez isso, dizia que era de Esquerda!)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

O Mundo está a mudar

Eu gosto de ver os jovens a participar na política!

A participação dos jovens na política é um sinal de que a minha geração está transmitir valores às gerações mais novas. Ainda há bem pouco tempo levei uma "filha" a votar nas eleições europeias! Achei graça ao seu nervosismo...até parecia que aquele acto era importante – para ela, era a primeira vez!

No meu tempo de juventude, o envolvimento na política era diferente! Uns batiam...outros resistiam! Não havia lugares, nem carreiras...havia princípios e convicções! Cada um tinha a sua "fé" ou "crença"! Acreditávamos em ideias, éramos generosos e lutávamos! Ninguém pensava em ser isto ou aquilo...muito menos autarca ou deputado! Isso era para outros...

Hoje, passados trinta e tal anos, tudo é diferente!

Esta notícia do Público mostra uma outra "juventude" a que eu chamo "Juventude Idosa"!

Eu gostava que alguém me explicasse como é que uma Juventude (Seja ela Socialista, Social-Democrata ou outra coisa qualquer) me venha apresentar, a mim, um "guia de boas práticas"!

Oi! Meninos! Cresçam e apareçam! Vocês não sabem nada da vida! Primeiro, façam uns filhos, depois, eduquem-nos e a seguir candidatem-se a Autarcas e a Deputados!

Até quando esta sociedade vai manter estes meninos! Filhos do bem estar e das oportunidades, sem ideias e muito menos princípios ou convicções!

Como posso eu aceitar que um tal "Secretário-geral da JS" me venha falar de simplificação administrativa ou de orçamentos participativos da CML?
Senhor Secretário-Geral da JS, venha trabalhar, primeiro, durante vinte anos (se conseguir, sem cunhas)...e depois falamos!

Eu sei que este mundo mudou! Agora, não sou eu a dar um "guia de boas práticas" aos jovens! Eles, jovens socialistas (será que sabem o que isso quer dizer?) é que me vêm dar o tal "guia de boas práticas".

Pela parte que me toca, agradeço! Muito obrigado!

domingo, 19 de julho de 2009

REUNIÃO DA REDACÇÃO

A redacção deste Blogue reuniu-se a estas altas horas da noite de Domingo e, tendo em conta a recente tomada de posse do Sr. Provedor de Justiça e o facto de passados mais de quatro meses o Sr. Presidente da CML, não nos ter respondido, decidiu reenviar ao novo Provedor de Justiça as razões do nosso descontentamento e solicitar a sua intervenção.

Assim será feito, apesar da época pré-eleitoral que estamos a viver!

Esta foi a decisão da Redacção do Blogue!

A EMEL É MÁ COMPANHEIRA

A EMEL é má companheira! É como um cadela que não conhece o dono!
Tem um pilar enterrado no Castelo e outro no Bairro Alto. Quando um levanta o outro baixa. E quando levanta…Levanta carros e autocarros, levanta presidentes e administradores…Põe-nos todos no ar!
Tem uma quinta alugada do tamanho da cidade! Pela renda nada paga, esqueceu-se de quem é o dono.
Colocou em todas as esquinas, máquinas drogadas que se alimentam de moedinhas e que estão sempre avariadas!

A EMEL é má companheira! É como um cadela que não conhece o dono!
Tem homens verdes de boné que deixam recadinhos e multas, bloqueiam carros e motas só para nos envergonhar! Nem os carros da Câmara escapam à fome de multar!
Fazem greves, passam fome e armam-se em polícias sem pistola.
Querem que o dono da quinta os proteja. Ponha uns anjinhos da guarda a tomar conta deles, enquanto eles fazem as maldades … passam as multas, bloqueiam carros, semeiam ventos e colhem tempestades.
Tem prejuízos do tamanho da Torre de Belém… Só o silo em Alfama mesmo junto às Portas do Sol em 2007 deu 150 000€ de prejuízo.
Agora põe os lugares em saldos e em promoções.
Incapazes de trabalhar, encostam-se atrás da bananeira, fazem contratos ilegais com a Street Park. Põem-nos a trabalhar por ela.

Os desgraçados dos funcionários da Câmara Municipal de Lisboa que trabalham no Campo Grande, para além das más condições do edifício, sem pé direito mínimo para as funções; sem refeitório obrigatório para o número de trabalhadores; sem condições de trabalho naquela chinfrineira dos open space; Com aqueles pavimentos, em alcatifa, doentios; com o ar condicionado a funcionar mal…ainda se deparam com o problema do estacionamento

A EMEL é má companheira! É como um cadela que não conhece o dono!
Os funcionários Municipais do Campo Grande são os grandes alimentadores dos Parques envolventes e que enchem os bolsos do PIO XII, da Biblioteca Nacional, por incompetência das cabecinhas pensadoras desta Câmara.

Veja-se o caos no final da 5 de Outubro…no Inverno torna-se num lamaçal lamentável….Será que os responsáveis só entram pelo lado do Campo Grande?

O Parque da EMEL mesmo em frente é esquecido, porque os funcionários não têm dinheiro para o sustentar! Os funcionários têm ordenados baixos e não andam a roubar.

A Aproximação das Eleições

Este texto que os nossos "jornalistas" publicam demonstra várias coisas:

Os "jornalistas" esforçam-se e trabalham muito!(risos)
O actual Presidente, Dr. António Costa não está com medo de perder as eleições!(risos)
O Dr. (que ninguém trata assim) Santana Lopes continua na mesma! Populista, com razão nalgumas coisas, mas, como sempre, extremamente mal acompanhado! (risos ou lágrimas?)

E Lisboa? E os munícipes? E os funcionários da CML? E as Empresas Municipais?

E finalmente... As ideias? A política?

Estas últimas (ideias e política) foram de férias...

O Blogue está de Parabéns!

Caros visitantes, o "Arquitecto da CML e não só..." acabou de colocar em distribuição mais uma "publicação": o "Best of d’O Galego – Arquitecto camarário"!
Depois de "Gesturbix Graniticus" de Numerobis, que esgotou em menos de 24 horas, o Blogue "atreveu-se" a lançar esta nova publicação!

Não percas o teu exemplar...

UMA NOVA PERGUNTA A VOTOS

Como temos vindo a falar de Empresas Municipais decidimos colocar a seguinte pergunta à votação dos visitantes:

"A existência de Empresas Municipais é positiva para os funcionários da CML e para os Munícipes de Lisboa?"

A votação irá decorrer até às 24:00 h do dia 31 de Julho, aqui, na coluna do lado direito!
Todos os visitantes têm direito a voto!

Pensa no assunto, e vota de forma livre e consciente.

A Votação Terminou e os Resultados Foram Estes

A nossa pergunta era: "O que é o Arquitecto?"

3 Visitantes disseram que o "Arquitecto" é um Artista!
3 Visitantes disseram que o "Arquitecto" é um Técnico!
28 Visitantes disseram que o "Arquitecto" é um Artista que usa a Técnica!
19 Visitantes disseram que o "Arquitecto" é um Técnico que usa a Arte!

Antes de tudo, gostaria de salientar que esta foi a votação com mais participação! Continuou a não haver abstenções nem votos em branco ou nulos!

O "Arquitecto da CML e não só..." está a chegar a mais pessoas! É um bom sinal!

Considerando que a maioria dos votantes, terão sido Arquitectos, achamos estranha a divergência de opiniões. Esta, seria daquelas questões que devia ter tido uma resposta unânime.
Pelos vistos, há mais de vinte anos, que os Arquitectos não sabem muito bem o que são, ou pelo menos, a forma como se identificam na sociedade. Se isto está assim dentro da classe, imaginem o que a opinião pública dirá sobre o que é "um Arquitecto".

Pessoalmente, julgo que a Ordem deveria esclarecer a situação, porque dentro em breve a Arquitectura não será uma Técnica, muito menos uma Arte e passará a ser, apenas, uma área do Direito.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A Câmara, o Estacionamento e a EMEL

A Câmara, ou antes, os dirigentes políticos da Câmara de Lisboa, há muitos anos que não sabem gerir e resolver, ou atenuar, os problemas de trânsito e estacionamento desta Cidade.

A Câmara nem no seu Edifício Central do Campo Grande resolveu o problema quanto mais na Cidade!

Há muito tempo que está instalado o caos nesta área – circulação e estacionamento – e não só.
Nos últimos anos todos os problemas que existem na cidade são resolvidos criando uma Empresa Municipal ou uma SRU ou uma outra coisa qualquer!

Em paralelo são mantidos os Departamentos e Divisões da Autarquia cheios de funcionários mal pagos e desmotivados!

As Empresas Municipais pagam melhor são mais eficientes e acumulam "tachos" e prejuízos.

O munícipe de Lisboa sustenta esta gigantesca máquina, onde as competências se sobrepõem e onde cada vez mais é evidente o oportunismo de alguns!... Onde, cada vez, há mais funcionários desmotivados e mal tratados.

Aproximam-se as eleições e vêm falar destas questões com uma ligeireza confrangedora! Este e outros problemas, são bem mais profundos e não são resolvidos desta forma.

Definitivamente, é preciso encontrar outro tipo de políticos para Lisboa! Políticos que trabalhem para a Cidade e para quem nela trabalha e vive, e não para satisfazer os seus interesses pessoais e do seu circulo de amigos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

AMIGOS DO CORAÇÃO

Amigos são para as ocasiões e os ladrões também!
Aí estamos nós na praça pública outra vez! E por quem!
Pelo Vitó do Banco de Portugal!

Olhem só para a notícia… "Funcionários públicos recebem mais que privados".
É o que diz, um relatório do Banco de Portugal, cuja notícia foi publicada no Correio da Manhã. Este jornal é o avião que transporta a boa nova! É a pomba que espalha sobre os cidadãos a notícia como uma verdade inquestionável!
Eu sei que estamos em campanha,... mas à minha custa não!

Amigos são para as ocasiões e os ladrões também!
Este é o pagamento ao PS pelo branqueado do Vitó no Inquérito ao Banco de Portugal por causa da inspecção ao BPN.
O Vitó não devia brincar com o fogo! Pode queimar-se!
Aqui está a justificação para que o Banco de Portugal não tenha visto o que se passou no BCP, no BPN nem no BPP! Eles andam atrás dos funcionários públicos. Perseguem-nos e até justificam a nossa desmotivação!

Amigos são para as ocasiões e os ladrões também!
Eu sinto nos bolsos a mentira desta notícia e concluo, baralham a formação académica e devem comparar Serventes e Empregadas de limpeza com os Arquitectos e Engenheiros e mesmo assim tenho as minhas dúvidas.

A notícia é uma treta, uma farsa! Não tem pés nem cabeça nem membros superiores… só inferiores… os jornais que a transmitem.
E concluem sempre o que lhes convém!

A única razão para essa conclusão é uma… O Ordenado do Vitó em 2005, os rendimentos do trabalho declarado, foi de 280 000€!!! Realmente há funcionários públicos que não merecem o que ganham olhando para o que produzem!

Lá vamos nós pagar aquilo que o Banco de Portugal não viu ou não quis ver.
São as incompetências do Governador!

O Presidente (mais uma vez) esteve na Televisão

Infelizmente não pude ver a entrevista do nosso Presidente! Imperdoável!

Mas ao ler este pequeno texto fico perplexo!

O Dr. António Costa tem tempo para tudo!...menos para responder à nossa carta de há quatro meses e meio atrás!

Lamento, mas quando nos responder, se calhar, já é tarde demais...e outro estará no seu lugar. E...., muito provavelmente, esse outro, irá ter a mesma atitude do Senhor... que é não ter nada a dizer às verdadeiras questões colocadas pelos funcionários da CML e pelos habitantes de Lisboa!

Que tristeza...

A verdade é que até podia ter graça se não fosse tão grave.
Leiam isto! Até parece que não há pessoas amordaçadas, intimidadas, caladas, aterrorizadas...

Na verdade a CML está a tornar-se numa gigantesca máquina de opressão e promoção de incompetentes!

REFLEXÕES DO DESERTO

Tive conhecimento, hoje, que a colega Helena Roseta chegou a acordo com António Costa para fazer parte da sua Lista de candidatura à Câmara Municipal de Lisboa.

Daquilo que ouvi, a colega será a nº 2 da lista mas nunca será Vice-Presidente e o colega Manuel Salgado continuará "intocável" no Urbanismo da Cidade.

Sinto-me dividido!

António Costa tem sido o relações públicas da autarquia! Nem sequer chego a perceber se ele tem conhecimento daquilo que se passa na realidade do dia a dia da CML. Simpático nos órgãos de comunicação social, permitiu na prática do dia a dia a tomada do "poder" ou dos "poleiros" pelos jovens, e não só, do PS! Atitude já vista e praticada por outros mas nunca de forma tão escandalosa (a imprensa deste país não deu por nada!).

O colega Manuel Salgado sempre ignorou os funcionários e técnicos! Nem sequer os conhece! Pessoalmente, estou convencido que os despreza profundamente. Sendo um Arquitecto habituado à actividade no privado não compreende a actividade no sector público. Usa meios que, sendo legítimos no sector privado, são um vergonhoso tráfico de influências no sector público! Será que tem consciência disso? Tenho dúvidas...e vou ficar por aqui, porque aquilo que consta é bem mais grave!

Não entendo, ou tenho dificuldade em entender, como é que a colega Helena Roseta consegue chegar a acordo com gente desta. A colega sabe o que temos passado! A colega sabe como temos sido mal tratados! Como é possível fazer acordos com pessoas destas?

Por outro lado, que esperar de PSL? A experiência anterior foi um desastre! Na nossa área não tenho nada a dizer do senhor, mas teria muito a dizer da sua Vereadora Eduarda Napoleão! Por mais que me esforce não consigo perceber como é que é possível colocar uma pessoa daquelas a chefiar o Urbanismo de Lisboa! Pura inconsciência!

Se este país tivesse justiça estes senhores teriam que viver várias vidas para pagarem os prejuízos que têm dado à Cidade de Lisboa!

Estou mesmo dividido!

O Blogue é Solidário

Ao longo deste curto tempo de vida, este Blogue tem-me proporcionado algumas experiências bem interessantes.

Não sendo um especialista nestas coisas de Blogues e novas tecnologias tenho vindo aos poucos a aprender e a experimentar as sensações próprias de outra idade.

Sendo este, um Blogue muito virado para os problemas relacionados com o exercício profissional dos Arquitectos e ,dentro destes, os Arquitectos camarários. Ainda por cima, muito centrado nos Arquitectos camarários de Lisboa, seria de esperar uma grande dificuldade na sua divulgação.
Mas que surpresas tenho tido!

Dentro de casa (CML) encontrei a maior das solidariedades e apoios de onde não esperava que viessem!

Por outro lado, de outros, que esperava imenso, não recebi nada!

Fora desta casa, foi uma grande e total surpresa. Obrigado a todos os visitantes que me contactaram e enviaram "mails"! Obrigado a todos vós. Irei tentar responder-vos!
De todos vós, quero agradecer em particular ao autor do Blogue

"Playbekx" (http://www.playbekx.blogspot.com/) que teve a simpatia de colocar no seu Blogue um atalho para "O arquitecto da CML".

Obrigado também à autora do Blogue Mariatuguices que está em http://mariatuguices.blogspot.com/. Parabéns pelo texto que me enviou e...que pena este País e em particular a investigação científica, se encontrar neste estado...de mentira. Não pense que estou só a ser simpático. Sei bastante bem o que se passa nessa área – a minha mulher é Investigadora Científica e ainda por cima...do Estado!

Dentro em breve iremos colocar atalhos para os vossos Blogues.

"O Arquitecto da CML" agradece a vossa solidariedade e de todos os outros que nos visitam diariamente.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

JÁ CHEIRA A ELEIÇÕES

Já cheira a eleições e a alcatrão novo nas ruas da cidade!
Os jardins aperaltam-se e os terrenos baldios mudam de figura!
Começamos a sair do marasmo onde vivemos.
As obras começam, vai deixar de haver buracos na cidade…O povo quer ver obra! E os políticos tapam-nos os olhos com uma camadinha de alcatrão.
Na minha rua construíram uma ilha que só atrapalha, quem a projectou deveria ter sido amarrado ao gradeamento durante 24 horas para ver se consegue explicar a obra artística e cultural que fez, e o caos em que o trânsito ficou.
Mas pelo menos mostram obra! Lá isso mostram!
Ainda não satisfeitos, até colocam gradeamento na propriedade privada. Quem paga este lindo gradeamento?
Nós!

Já cheira a eleições e a alcatrão novo nas ruas da cidade!
O PDM também deitou a cabeça de fora, a alteração hibernou há vários anos mas com as eleições à porta, veio cheirar a poluição que se respira .
Há planos que saem da cartola que nem coelhos da toca
Há casamentos e baptizados anunciados …O Zé já aceitou ser padrinho …o PS pediu a Helena Roseta em casamento…o PCP e o BE não vão ao casamento. E o Salgado continua a temperar a relação ou a salgar ...A bruxa de Campolide já me disse que vai dar em divórcio pela certa!

As televisões começam as entrevistas e os debates e que figurão que eles fazem!
Ambos foram donos da cidade e o que fizeram? Na Câmara foi o que se viu: Desmotivaram os funcionários, enxovalharam-nos na praça pública, todos nos querem endireitar!
E nós? Assistimos pacientemente.
O que eu sei é que estamos no limite. Conseguiram espalhar o mau estar em todos os serviços e a desmotivação geral dos funcionários. Na Gestão só os chefes andam contentes, atrás da cenoura. Na DAPUC já ninguém se entende!
E na Presidência só falta andarem à estalada.
Que experiência têm? O que fizeram na vida estes homens?
Já produziram alguma coisa?
A produção dos políticos é a desgraça em que estamos atolados.
E quando as coisas correm mal quem paga?
Somos nós!

Já cheira a eleições e a alcatrão novo nas ruas da cidade!
Um, foi corrido da Administração do Metro e vem dizer que vai fazer uma circular do Metro na periferia da cidade. Não sei onde é que ele vai intervir! Mas falar é fácil e fazer promessas também.
O Outro, tem a mania que é toupeira, vai fazer túneis e mais túneis, promessas e mais promessas, não chega o caos em que deixou a Câmara quando da primeira passagem?

Já cheira a eleições e a alcatrão novo nas ruas da cidade!
Rastejem aos pés dos candidatos!
Que eles adoram ser bajulados! … Alimentam-se disso!
Eu por mim vou hibernar… e só acordo quando as eleições passarem.

ALFAMIX E O COBRADOR DA TOGA PRETA

Era mais um dia de intenso trabalho na Coorte de Apreciação de Projectos de Palácios de Olissipo…

Alfamix e Mourarix entretinham-se com uma amostra de Gesturbix Graniticus, submetendo-a e movimentando-a repetidamente de um para o outro, num vaivém lento e fastidioso, quase em câmara lenta.

Desafiavam assim, em acto de consciente sabotagem, todas as orientações superiormente emanadas pelo Governador Antonius o Africano, através do Simpolis, édito que determinava que os pedregulhos teriam de passar a rolar rapidamente, sobre rodas, pelos corredores da Coorte, mesmo que isso implicasse o esmagamento de qualquer escravo mais incauto que se atravessasse no caminho…

Estrategix observava-os, sem conseguir alcançar o verdadeiro intuito da manobra, embora o instinto canídeo lhe fizesse sentir que ali havia marosca, e da grossa…

Tão distraídos estavam todos com a táctica dilatória (NR- atitude ainda em voga hoje em dia, com recurso às paciências informáticas…), que nem deram pela sorrateira aproximação de um vulto sinistro, coberto da cabeça aos pés numa toga preta, em atitude felina de caçador que se prepara para dar o salto de misericórdia sobre a presa…

A figura acerca-se pelas costas de Alfamix e Mourarix, pé ante pé, deixando apenas entrever um par de olhos semi-cerrados por trás do negro shador, em plena concentração premonitória do golpe fatal.

Nem Estrategix, embalado a coçar as pulgas de estimação, deu pelo funesto personagem.

- Ahá! – berra o profano figurante, aproveitando o factor surpresa num ímpeto bombástico. Com que então, arquitectos Alfamix e Mourarix, suponho?

Os nossos heróis, apanhados à traição, deram um salto monumental, adquirindo a branca tonalidade própria de um grande susto, em completo contraste com o negro da toga do diabólico intruso.

Estrategix deu uma pirueta no ar, mas conseguiu aterrar de pé, com as quatro patas no chão. Nada de espantar… era exímio naquela habilidade, fossem quais fossem as circunstâncias em que escorregasse naqueles caminhos deslizantes da Coorte…

- Vó… Vó… Vós quem sois, ó infame destabilizador de arquitectos? – gagueja Alfamix.

- Avé, por Belus Rodeius, vosso Amo! Apresento-me! Sou Quotamix, o Cobrador da Toga Preta, enviado da Grande Loja dos Arquitectos!

- Mau, mau… - suspira Mourarix, a adivinhar o pior…

- E o que pretendeis, para nos abordar em tão traiçoeira aproximação, pela pitonisa Cintrus Gomus? – inquire Alfamix.

- Venho assediar-vos, em nome da Loja! Não vos sentis em falta perante o vosso insigne patrono? Tereis por algum obscuro motivo olvidado o pagamento dos últimos dízimos à vossa plenipotenciária organização de classe? Tendes alguma reles justificação para tão ignominioso comportamento? – insulta o Cobrador.

- Bem, bem… vamos por partes! Primeiro, devido à crise de falta de projectos de Palácios, admito que possamos ter desleixado um pouco o regular envio de sestércios para a Grande Loja… – tenta contemporizar Alfamix.

- A Grande Loja não quer saber para nada das vossas lamentações, ó mendicante arquitecto! – desdenha o Cobrador. Sestércios, denários, de preferência áureos, venham eles! Eu não me chame Quotamix se não saio daqui com a bolsa cheia!

- Ai sim? – desafia Mourarix. E em troca, podeis dizer-nos o que tem feito a Loja para nos proteger das chicotadas do Governador Antonius o Africano? Sim, a nós, espezinhados escravos arquitectos, que somos obrigados a arrastar diariamente estes pedregulhos monolíticos de Gesturbix Graniticus, sem sequer nas horas vagas nos ser autorizado projectarmos noutras pedras! Vá, dizei-me, se sabeis…

Esfíngico, o Cobrador da Toga Preta continua, inflexível:

- Por Frankloidius Wrightius, julgais que a Grande Loja dos Arquitectos se digna perder tempo com tão insignificantes tarefas como garantir os direitos dos desdenháveis arquitectos da Coorte? O Seu superior desígnio é fazer publicar regularmente lápides esculpidas em indecifráveis hieróglifos, e zelar pelos altos interesses dos dinásticos agremiados do Seu Conselho…

- Ó Cobrador, “Pessimus surdorum is qui audire non vult” (Não há pior surdo que o que não quer ouvir) - insiste Alfamix. A Loja tem de entender as nossas dificuldades… O Governador paga-nos miseravelmente, e apesar de ordenar que O adoremos em exclusividade, recusa-se a compensar tal idolatria! Ainda se contribuísse com uns sestérciozitos para o dízimo que a Loja nos extorque mensalmente…

- E convenhamos que o dízimo, reduzidos como estamos à mais ínfima condição de escravos pagos pelo nível XXXI, assume as proporções de um vintízimo, quase trintízimo! – acrescenta Mourarix.

A lamúria era tal que até Estrategix, vulgarmente abstraído de tudo quanto não fossem as suas maleitas caninas e a necessidade básica de sobrevivência garantida pela magra dose mensal de ossos descarnados, e sempre pronto a acirrar todos os que se propusessem tramar Alfamix e Mourarix, estava de orelha murcha e olho remeloso, num ganir fininho, condoído com a humilhação sofrida pelos nossos heróis, e pensando “Estou quase solidário!”

Mas o Cobrador da Toga Preta fazia jus à sua formação granítica:

- Nada do que dizeis me comove, o dízimo é devido! A Grande Loja exige, obriga, impõe, ordena, intima, reivindica a vossa voluntária, generosa, abnegada e desinteressada contribuição…

Alfamix, em desespero de causa e em tom jocoso, não se conteve:

- E tendes a certeza que os nossos chorados sestércios serão geridos da melhor forma, ó Cobrador? Ouvi dizer, nos mentideros da Coorte, que um escravo da Loja se terá aboletado com um caldeirão carregado de áureos, e que mais ninguém lhes tinha posto a vista em cima… “Callidus est latro, qui tollit furta latroni” (Ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão).

- É exactamente por essa e por outras que todos os arquitectos deverão ter o dízimo em dia, incondicionalmente! Aconteça o que acontecer, a Grande Loja tem de manter o status! – arroga o Cobrador.

- Pois ficai ciente, sórdido Cobrador Quotamix! Da nossa bolsa não sairá nem mais um sestércio para a malfadada Loja dos Arquitectos, por Manolus Pinhus! – desabafa Alfamix em atitude irredutível, acompanhando a constatação com o celebrizado gesto dos indicadores em riste sobre a testa.

- Ai ele é isso? Então ficai sabendo, contumazes arquitectos, irei de imediato participar a vossa inqualificável atitude à Sociedade de Escribas Correius, Searus, Caldus & Associadus! – remata o Cobrador.

- Isso é uma ameaça, desprezível e ignóbil Cobrador? – despeja Mourarix, já roxo de raiva… Olhai que “Furor fit laesa saepius patientia” (A paciência tem limites).

- Pior que isso, ó vis arquitectos! Agora é que o Céu vos vai mesmo cair em cima da cabeça! E é já amanhã que será a véspera desse dia! E o menor dos males será o levantamento imediato de um sumaríssimo Processo Disciplinar! De seguida e antes que consigam recompor-vos, a Grande Loja dará entrada de um Processo de Injunção junto dos incompetentes Tribunais competentes do Império, com a subsequente Execução e Penhora dos vossos parcos bens! O Tribunal do Santo Ofício, comparado com isto, vai ser um brando bando de angélicos ingénuos! Tomás de Torquemada, Adolf Hitler, Pol Pot, vade retro! Chegou a autêntica, a única, a persecutória acção da ASAI-E! (NR- Arquitectos em Situação Anómala e Irregular – Extinção! Não confundir com outro organismo igualmente temido e odiado…)

- Co… co… como é? – balbuciam Alfamix e Mourarix, incrédulos.

- Sim, penhorar-vos-emos todos os vossos bens, até ao último sestércio, por Teixeirus Santus! Começaremos pelas vossas quadrigas Toyotix, com burros e tudo, e depois seguir-se-ão os vossos HomeCena com sistema quadrifónico de trompetas Samsungus, os vossos Sonyus com palco em pedra polida de alta definição, os vossos iPedra, tudinho! Nem o palacinho T2 escapará à sanha penhoratória da Grande Loja! Só nos daremos por satisfeitos quando vos virmos a mendigar nas pedreiras por um calhauzinho de reles mármore de Perus Pinheirus, onde mal podereis esculpir um mixuruco projectozinho de lavabo sem área suficiente para um quadrigazinha de rodas!

- Mas… mas… nada disso está ainda pago, por Constancius! – confessa o desalentado Alfamix. Foi tudo comprado com recurso ao crédito, financiado pelo BPP-I (NR- Banco Popular dos Papalvos do Império). Os poucos sestércios que lá tínhamos voaram, estavam investidos em Títulos do Tesouro Imperial, que como sabeis são produtos de alto risco! Aliás, um tão alto Risco que nem o nosso Grande Senador Salgadus Maximus quis neles investir, mesmo sendo arquitecto…

- Bem feito! O mais certo é irdes parar às galeras, a remar daqui até às Ilhas Caimãus… Com sorte, atracam numa qualquer off-chorus, se choramingarem pode ser que ainda recuperem alguma coisita… – remata o Cobrador Quotamix, laureando a douta sentença com um riso escarninho.

Foi demais. Como era de esperar, Mourarix passou-se de vez… O seu braço começou a girar qual ventoinha em excesso de rotações, e por efeito da força centrífuga, o punho assentou tipo torpedo naquele reduzido espaço de pele branca e olhinhos de carneiro mal morto visíveis atrás da burkha do Cobrador… Mourarix nem reparou que Estrategix já se tinha entretanto atirado à cauda da toga do travestido funerário, roendo-a impiedosamente.

Com tal bujarda, o desgraçado Quotamix descolou catapultado, com Estrategix afincadamente ferrado à ululante toga preta, sobrevoando Olissipo qual Batman da Antiguidade, indo no Aterro da Boavista aterrar…

Ou melhor dizendo, amarar…

De facto, o Cobrador da Toga Preta estatelou-se estrondosamente nuns banhos turcos conhecidos por Termas de Santus Paulus, mergulhando como um kamikaze numa pequena banheira (NR- artefacto cuja designação degenerou para o francesismo “bidet”, após as Invasões Napoleónicas), que tinha sido objecto de recente penhora a um infeliz, arruinado, e disciplinarmente processado arquitecto ex-associado da Grande Loja dos Arquitectos, e à volta da qual se encontravam reunidos os Membros do Seu Eminente Conselho, em sessão plenária de tomada de decisão sobre o destino a dar-lhe (ao bidé…), encharcando-Os copiosamente.

Estrategix sacudiu-se, e com a característica fleuma que se lhe reconhece, alçou a perna para cima do Cobrador da Toga Preta, salpicando indecorosamente os emblemáticos aventais dos membros da Grande Loja…

“Fallitur interdum, qui fallere solet” (Foi buscar lã, e voltou tosquiado)

ARQUITECTURA SUSTENTÁVEL

(Para variar, apenas umas pequenas reflexões)
Todos os dias leio coisas sobre arquitectura sustentável e procuro encontrar uma definição que me satisfaça ou me esclareça plenamente do significado de sustentável na arquitectura.
Será que existe arquitectura que não seja sustentável?
Para mim tudo o que não seja sustentável não é arquitectura!
Ou será que se referem a quem vive da arquitectura, quem projecta e se sustenta à custa da produção arquitectónica?
Com a crise, os pequenos ateliers foram desaparecendo e hoje só existem dois tipos de gabinetes : Os grandes ateliers e os que trabalham em nome individual em casa e fazem o seu próprio projecto ou projectam para amigos de vez em quando sem hipótese de se sustentar da arquitectura.
Habitualmente este tipo de arquitectura vem associada a arquitectura que aproveita os materiais locais ou mesmo materiais que são reciclados tipo a terra misturada com palha (adobe) , como se fazia no Alentejo e Algarve ,a taipa, como se faziam os tabiques com madeira e barro, pneus com terra amassada no interior etc.
Na net vejo como exemplo uma barraca de madeira e chapas de policarbonato, nas partes translúcidas, que uns colegas arquitectos construíram em Arruda dos Vinhos. Fizeram uma sequência de fotos e lá vejo uma cara conhecida da Câmara nestas experiências.
Também um Arquitecto Chinês LI HU se intitula o rei da arquitectura sustentável e tem um projecto na china que é idêntico ao que o arquitecto fotografou em Cascais os edifícios do Estoril Sol e que designa por arquitectura sustentável.



Mas se a arquitectura sustentável é esta, (à base de materiais reciclados) tenho que vos contar então aquilo que considero o embrião da arquitectura sustentável em Portugal :

A casa do cigano

Trabalhava eu no realojamento da DSH e houve necessidade de realojar os moradores de um núcleo de barracas existentes onde hoje é a Estação do Metro do Colégio Militar.
Estivemos a filmar as barracas e tivemos necessidade de ver o filme. O cigano ofereceu a sua barraca e a sua aparelhagem para ver se estava tudo bem filmado. Naquele tempo eu não sabia o que era um DVD nem conhecia ninguém na roda dos meus amigos que dispusesse de um aparelho daquelas.
Quando chegámos à barraca… meus amigos… tinha uma parabólica maior que a barraca.
A barraca era de madeira por dentro, mas por fora estava revestida com pacotes de leite!
Ficámos espantados porque era a única barraca com aquelas características, e o cigano explicou:
- Forrei a barraca com pacotes de leite por causa da humidade.
- Mas com pacotes de leite? E como é que isso funciona?
- Sabe os pacotes no interior tem uma película de estanho e isolam completamente a barraca em termos acústicos e térmicos e impermeabiliza a barraca. Vejam que a aparelhagem não tem um pingo de humidade.
As coisas que o cigano sabia!

E lá nos foi avisando: Arquitectos saibam que a minha casa lá prós lados do Matadouro, onde vou ser realojado, tem que ter pelo menos as condições que esta barraca tem, porque senão, não ponho lá os pés!

Finalmente encontrei a definição que me satisfaz
A arquitectura sustentável - É um processo em permanente evolução que enfoca estratégias inovadoras e tecnologias para melhorar a qualidade de vida quotidiana. A sua abordagem envolve principalmente:
directrizes de projecto formais e espaciais ;
eficiência energética na construção e sua manutenção;
aproveitamento de estruturas pré-existentes;
especificação de materiais utilizados;
e plano territorial envolvendo a protecção de contornos naturais.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Helena Roseta Está Connosco


Esta notícia e esta, abrem o caminho a Helena Roseta para ser, novamente, Vereadora desta Câmara.

Não é mau! É Arquitecta como nós e apoia-nos em muitas das questões que colocámos ao Sr. Presidente e das quais não obtivemos até agora qualquer resposta.

Helena Roseta sabe que existimos e sabe porque é que não estamos contentes!
Helena Roseta já participou neste Blogue (Ver "Diálogos com Helena Roseta" a 7 de Julho de 2009), e nós contamos com ela!

Sozinha ou acompanhada gostamos de a ter por cá...

A Propósito da Lei das Acessibilidades

Hoje, trago-vos este exemplo de como esta Câmara tem tratado ao longo dos anos a acessibilidade.

O local é o passeio que vem da 2ª Circular para o Campo Grande. O Muro limita os jardins do Museu da Cidade (também ele propriedade camarária).
Que dizer perante casos destes?

Será que é mesmo necessária a Lei? Neste caso, não bastaria um pouco de bom senso?

Os pilaretes foram colocados há muito pouco tempo! Não teria sido melhor tirar os postes dos candeeiros e as caixas de electricidade(?) ou sinalização(?) do meio do passeio?